30 maio 2015

Mais uma tentativa


Vaza, transborda
Me rasga pela borda
Meu grito reprimido pedindo socorro.
Eu morro, me calo,
me tranco, me julgo.
Sob meu desespero abre-se um sulco
De coragem, voz e ousadia.
Mas, como um banho frio,
A humilhação me desarma, me desatina
Levando embora o velho orgulho
E a tal chamada dignidade.
Mas a verdade é que aprendo e entendo, a todo o instante,
Como levar adiante
Uma jornada sem prazo de validade.
Isabela Brandão (15/07/2014)


Olá, pessoal. Tudo bem? Tenho estado muitos meses afastada do blog e isto tem me deixado bem triste. Mas a verdade é que tenho uma rotina de estudos cansativa e não sobra tempo para me dedicar ao blog. Contudo, mais uma vez estou aqui tentando fazer aquilo que tanto gosto. Espero que com um pouco mais de organização eu consiga trazer novidades semanalmente.
Então, é isso. Beijos e bom fim de semana! (E perdão pela ausência)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...